⚠️ NOVO ⚠️ SITE ⚠️

Acesse o novo site da Província BRE:

www.dehonianosbre.org.br

Anúncios
Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

BRE: Reflexão I Domingo do Advento – “Lc 21,25-28.34-36: Advento: tempo grávido de eternidade”

1fecundacao

Por: Dom André Vital Félix da Silva, SCJ

Texto também disponível em: dehonianosbre.org

Algumas pessoas têm a impressão de que o Ano Litúrgico é um ciclo fechado cujo início é o Tempo do Advento e seu fim, a Solenidade de Cristo-Rei com a última semana do Tempo Comum. E, portanto, tal percurso não passaria de um suceder-se mecânico de ritos e celebrações na perspectiva de um monótono “eterno retorno”. Esta concepção superficial fere profundamente a essência da liturgia e, por conseguinte, compromete a própria compreensão da história da salvação, que não é nem um movimento de reciclagem por falta de conteúdo, nem muito menos repetição de fatos por falta de espírito criativo.

Continuar lendo

Publicado em Reflexão dominical | 1 Comentário

BRE: Reflexão Solenidade de Cristo, Rei do Universo – “Jo 18,33-37: O rei da mentira X A verdade do Rei”

1cristo

Por: Dom André Vital Félix da Silva, SCJ

Texto também disponível em: dehonianosbre.org

A hodierna solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do universo, muito bem situada pela reforma litúrgica do Concílio Vaticano II no encerramento do ciclo dominical do ano litúrgico, evidencia ainda mais a fé que professamos a cada Eucaristia: Cristo como centro e Senhor da história (1ª leitura). Nele, toda a criação e a humanidade se encontram e encontram a sua razão de ser, pois Ele é o Alfa e o Ômega (2ª leitura). Apesar de não se identificar com nenhum reinado deste mundo, Ele é verdadeiro Rei, pois sua autoridade está fundamentada na verdade: “Eu nasci e vim ao mundo para isto: para dar testemunho da verdade”, e não no poder garantido pela mentira e sustentado por ideologias falsificadoras da realidade. Verdade que não é simplesmente a coincidência entre ideias e realidades que se correspondem superficialmente. Mas a verdade é a sua Pessoa comprometida com a vida, pela qual aceita morrer, para viver e reinar eternamente.

Continuar lendo

Publicado em Reflexão dominical | Deixe um comentário

BRE: Reflexão XXXIII Domingo do Tempo Comum – “Mc 13,24-32: Palavras que não passam…”

1caneta

Por: Dom André Vital Félix da Silva, SCJ

Texto também disponível em: dehonianosbre.org

Chegamos praticamente ao final do ano litúrgico (Ciclo Dominical B). Fizemos um percurso de leitura continuada do evangelho de Marcos que nos ajudou a seguir os passos de Jesus, crescendo no conhecimento da sua pessoa e no desafio de fazer nosso o seu caminho. Por conseguinte, durante esse caminho de revelação de sua Pessoa, fomos provocados a fazer escolhas entre seguir o Messias sofredor até a cruz, e testemunhar a sua ressurreição, ou tomados de pavor e medo, fugir e abandoná-lo. Em tons apocalípticos e proféticos, a perícope deste XXXIII Domingo do Tempo Comum nos apresenta quais serão as consequências de acordo com a opção que fizermos. Em outras palavras, ficaremos aterrorizados pelo medo da destruição do mundo ou nos empenharemos na luta contra tudo aquilo que o destrói, certos de que o Filho do Homem já é vitorioso?

Continuar lendo

Publicado em Reflexão dominical | Deixe um comentário

BRE: Santa Missa em sufrágio das almas dos confrades da Província BRE

confrades

A Província Brasil Recife fez uma homenagem, nesta segunda-feira (05), aos confrades Dehonianos que colaboraram na construção da história dos 125 anos da missão de esperança e no serviço da Igreja nas terras do nordeste brasileiro.

Continuar lendo

Publicado em Notícias | Deixe um comentário

BRE: Reflexão XXXII Domingo do Tempo Comum – “Mc 12,38-44: As duas valiosíssimas moedinhas”

1moedinhas

Por: Dom André Vital Félix da Silva, SCJ

Texto também disponível em: dehonianosbre.org

Ao chegar a Jerusalém (Mc 11,15s), destino final do seu caminho, Jesus inicia uma série de ensinamentos sobre o Templo e tudo aquilo que a ele está relacionado (leis, ofertas, impostos, sacerdotes, doutores, etc.). Uma das primeiras denúncias que faz, ao purificar o Templo, diz respeito à deformação do seu significado religioso e função social: “A minha casa será chamada casa de oração para todos os povos. Vós, porém, fizestes dela um covil de ladrões”; provocando assim a ira dos dirigentes, sobretudo a dos sumos sacerdotes e escribas, que procurarão de agora em diante fazê-lo perecer (Mc 11,15-19).

Continuar lendo

Publicado em Reflexão dominical | Deixe um comentário

BRE: Reflexão Solenidade de todos os Santos – “Mt 5,1-12a: Santidade: opção ou condição?”

1espiral

Por: Dom André Vital Félix da Silva, SCJ

Texto também disponível em: dehonianosbre.org

A Solenidade de todos os Santos e Santas de Deus é mais do que fazer justiça à “multidão incontável de gente de todas as nações, tribos, povos e línguas” (1ª leitura), pessoas realmente santas, mas que não são veneradas na liturgia, ou porque não foram canonizadas ou mesmo porque não estão incluídas no calendário litúrgico universal.

Continuar lendo

Publicado em Reflexão dominical | Deixe um comentário