Ser Religioso (a): Uma Feliz Jornada de Amor e de Amar.

Captura de Tela (54)

Por: Irmã Maria Thérèse Cance, RSF

Nesse mês dedicado às vocações queremos trazer algumas reflexões e testemunhos vocacionais para que cada leitor de nosso blog possa perceber a grandeza do chamado feito por Deus e como a realização do projeto dele só traz felicidade aos que sabem escutar Seu chamado, respondendo-o com a totalidade de suas vidas. Começamos pelo testemunho de uma religiosa que soube avançar para águas mais profundas, deixando a própria pátria e família, para poder falar d’Aquele que a encantou e desposou…

É com satisfação que vou falar um pouco sobre minha caminhada na vida Religiosa.

Desejo iniciar com uma frase tirada da autobiografia de nossa fundadora, Sta Emília de Rodat: “sou de uma família de santos”. Posso atribuir essa frase a minha família, pois deu à Igreja sacerdotes e religiosas. Meus pais eram verdadeiros cristãos; de minha mãe, os vizinhos afirmavam: “sua mãe era uma santa!”. Eu era a caçula dos três filhos do casal; Deus me escolheu.

Com a idade de 10 anos fui internada na escola das Irmãs da Sagrada Família; seus exemplos de vida me encantaram e fizeram nascer em mim o desejo de ser uma delas.

Na época, as etapas de formação começavam muito cedo no Juvenato e Noviciado, com 19 anos fiz minha 1ª Profissão, ou seja, consagrei-me ao Senhor pelos votos de Pobreza, Castidade e Obediência. Um pouco mais tarde, com 26 anos de idade, recebi o convite de vir trabalhar no Brasil onde cheguei no dia 22 de outubro de 1952.

O que me fascinava era o carisma de Madre Emília: “A única coisa à qual devemos tender é uma íntima união com Deus – Serei educadora dos pobres”. Essas frases expressam o seu ideal: mística e profecia / vida espiritual e missão. O que me guiou na caminhada foi a Palavra de Deus e nossa Regra de Vida – as Constituições que são nossa maneira de viver o Evangelho. A comunidade – vida fraterna – sempre me sustentou na vivência espiritual: na oração e na vida sacramental. A obediência me mostrou a missão a ser cumprida.

blogger-image--1131401829

Segundo Sta Emília, a missão de uma Irmã da Sagrada Família é a EDUCAÇÃO (“Serei a educadora dos pobres”). Como vivi essa missão? De várias maneiras. Durante muitos anos ajudei em Escolas por meio do ensino formal. Era muita alegria constatar o crescimento de meus alunos – crescimento intelectual e crescimento moral. Procurava unir firmeza e atenção a cada um (a), fazendo com que cada turma tivesse um ambiente familiar.

Mais tarde, outras atividades educativas me aguardavam: Formação de jovens em preparação para a Vida Religiosa; administração e responsabilidade da Província do Brasil: ajuda dada a cada Irmã, promovendo a formação permanente de cada uma na vida religiosa e profissional; trabalho em Paróquia: participação na Pastoral Familiar e Catequética com adultos, assim como visitas às famílias.

Agora, numa idade avançada, minha missão se simplifica e se intensifica: em primeiro lugar, a ORAÇÃO, a partilha de minha experiência de vida e o AMOR que me esforço em transmitir às pessoas que convivem comigo (minhas Irmãs de Congregação) e as que encontro e fazem parte de minha vida.

Que mensagem quero dar àqueles (as) que querem seguir o caminho da Vida Religiosa? Não será uma mensagem por palavras, mas por atitudes:

  • Deixe-se atrair por Jesus Cristo;
  • Não tenha medo.

E aos religiosos e religiosas, que se possa dizer: “vejam como se amam, como são alegres e felizes!”.

Para terminar, eu lhes asseguro: “se tivesse que recomeçar, faria tudo de novo! Sou muito feliz!”.

vida-consagrada

IMG-20170819-WA0030

Irmã Maria Thérèse Cance – Religiosa da Congregação das Irmãs da Sagrada Família. 91 anos de idade, 72 de Vida Religiosa e 65 anos de missão no Brasil

Esse post foi publicado em Artigo. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Ser Religioso (a): Uma Feliz Jornada de Amor e de Amar.

  1. IRMÃ MARIA ILZA disse:

    Eu louvo e agradeço Deus pelo lindo testemunho desta minha querida Irmã publicado por Dom André com ela aprendi a ser religiosa da sagrada Famīlia

  2. Giovanna disse:

    Complimenti vivissimi per il bellissimo percorso di vita! Le auguriamo ogni bene con l’aiuto del Signore e l’aspettiano presto in Italia! Sergio e Giovanna

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s