BRE: Advento: Espera, Esperança e Renovação

Advento

As quatro semanas que antecedem o Natal do Senhor colocam-nos na atitude de vigilância, expectativa e conversão. Recordamos a vinda histórica do Verbo de Deus que se tornou criança, que se tornou tão pequenino a ponto de caber numa manjedoura, e esperamos sua vinda no fim dos tempos para estabelecer plenamente novos céus e nova terra. Entretanto, para novos céus e nova terra são necessários homens novos e para isso o Tempo litúrgico do Advento se propõe a nos ajudar.

Um dos personagens importantes deste tempo é o profeta Isaías (Is 61) conhecido também por profeta da esperança que ao povo sofredor na Babilônia que se questionava o aparente abandono de Deus convida o povo a recordar a libertação do Egito para recuperar a fé no Deus que mais uma vez agirá com mão forte e que apascentará como um pastor cuida e protege de seu rebanho. É claro que esta libertação muito mais geográfica é uma libertação do coração, lugar de decisão, lugar onde Deus quer entrar e fazer refeição.

San-Juan-Bautista-Catedral-de-Barcelona-001Por isso, João Batista (Jo 1, 6-33), outro personagem neste percurso convida-nos a preparar os caminhos do Senhor, utilizando do costume que havia em preparar os caminhos que conduziam a Jerusalém por ocasião de visitantes importantes, o caminho hoje a ser preparado é o coração humano tantas vezes preenchido por mazelas, egoísmos, falta de solidariedade e perdão e fechamento a Deus e ao outro.

A consolação trazida a nós por Cristo é revelação de um Deus benigno, paciente e misericordioso. Diante do pecado cometido pelos nossos primeiros pais não nos deixou ao próprio azar. Decide um plano novo para nos resgatar, e para isso vai nos preparando primeiro com alianças individuais: Abraão, Noé, Jacó, depois por Moisés se estende a todo povo judeu e por fim a todos os povos em Cristo Jesus.

MariaAcolhamos mais uma vez a vinda de Deus, pois nunca Ele nos dá as costas e atualizemos o nascimento de Jesus emprestando nossas mãos para acariciarem os pobres, o nosso sorriso para dar esperança aos desiludidos e nosso abraço àqueles que têm medo da ternura de Deus. Não temos mais aquela estrela do céu que guiou os magos a Belém, mas temos a estrela Maria que continua a nos indicar Jesus ( Jo 2, 5).

Bom Advento e um Natal repleto de Luz!

458668_317969178318106_814115360_o

Fr. Henrique Benjamim Pereira Nascimento SCJ. 3º Ano de Teologia – Faculdade Dehoniana de Taubatê-SP.

Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s