BRE: Juventude Dehoniana lança o Site Oficial do EJD Nordeste

EJD Nordeste

Imagem

 O Encontro da Juventude Dehoniana do Nordeste – EJD Nordeste, tem como objetivo reunir as diversas expressões culturais e religiosas da Juventude Dehoniana presente no Nordeste do Brasil. É um encontro dos jovens que vivem o carisma dehoniano nas paróquias administradas pelos padres da Congregação dos Sacerdotes do Sagrado Coração de Jesus, Província Brasil-Recife (BRE). Atualmente presente nos Estados de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará.

 Após quatro Encontros da MDJ Nordeste, realizados nos anos de 2009 a 2012, e da realização do EJD Brasil, ocorrido em julho de 2013 em Taubaté SP, que teve como lema “Caminhai no Amor!”, nossa juventude viu a necessidade de ampliar os encontros para os jovens dehonianos que fazem parte de outros grupos além da MDJ.

 Com atividades distribuídas em arenas dehoniana, oficinas, apresentações, adoração e celebrações eucarísticas os jovens são chamados a vivenciar o carisma dehoniano. O EJD Nordeste deste ano tem como tema “Jovens Suavizando Cruzes” e como lema“Só com o amor se reparam as feridas do coração” Pe. Dehon

 O sofrimento é algo inerente a condição humana. Deus não quer que ninguém sofra, mas quer que sejamos fortes nos momentos de tribulações, nas angústias, nas incertezas, nas fraquezas, onde podemos encontrar o apoio definitivo, a rocha que nos sustenta, em sua Palavra, ou melhor, n’Ele.

A primeira atitude pública de Jesus foi se compadecer daqueles que sofriam algum mal físico que consequentemente eram desprezados e excluídos da sociedade e até mesmo das funções do culto e do templo. Jesus veio resgatar as pessoas e mostrar um Deus que é compassivo, próximo da gente. Jesus veio suavizar os sofrimentos (cruzes) daquelas pessoas.

Não curou por curar, mas sim por amor. Ele dava atenção a todas as pessoas que vinham ao seu encontro. As pessoas viam no brilho do olhar de Jesus um amor diferente, um amor que sarava as feridas, que abastecia as forças, um amor que levantava o astral das pessoas, um amor que as tornava feliz.

É com esse amor que queremos aliviar, confortar, consolar, suavizar outros corações mergulhados nos diversos sofrimentos da vida. O maior sofrimento talvez seja a ausência de Deus. Suavizar cruzes é amar as pessoas, é dar a vida por elas, é anunciar esse Deus que se compadece e é próximo da gente. O fato de dar a vida não implica necessariamente morrer, mas se desgastar pelo outro, dar a devida atenção, conversar, convidar, incentivar, perseverar aquela pessoa na busca do verdadeiro amor que pode curar tudo o que nos machuca.

 “Jesus não procurou a cruz mas não fugiu dela. Simão Cireneu também. Uma nova geração acaba de aceitar o desafio: entender, assumir e suavizar as cruzes deste país! Nada disso se faz sem catequese sólida. Se há uma coisa que a cruz não celebra é o oba, oba! Que não seja uma festa e, sim, um testemunho!” Pe. Zezinho

 “Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a vida por seus amigos” (Jo 15, 13).

 O EJD Nordeste acontecerá nos dia 1, 2 e 3 de agosto na cidade de João Pessoa, Estado da Paraíba

http://ejdnordeste.wix.com/joaopessoa2014

Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s