BRE – Deus quis que minha primeira viagem fosse ao Brasil, disse o Papa

Primeiro Discurso do Papa Francisco no RJ

SEGUNDA-FEIRA, 22 DE JULHO DE 2013, 19H07

O Papa Francisco fez seu primeiro discurso em solo brasileiro

Discurso do Papa no Palácio da Guanabara

“A juventude é a janela pela qual o futuro entra no mundo e, por isso, nos impõe grandes desafios”, disse o Papa.

“Quis Deus na sua amorosa providência que a primeira viagem internacional do meu Pontificado me consentisse voltar à amada América Latina, precisamente ao Brasil”. Estas foram as primeiras palavras oficiais do Papa Francisco em solo brasileiro, durante a cerimônia de boas-vindas no Palácio da Guanabara, por volta das 18h desta segunda-feira, 22.

Acesse:
:: Íntegra do Discurso do Papa Francisco no Palácio da Guanabara

Em meio a um clima de muita receptividade, o Santo Padre seguiu o discurso pedindo licença para entrar e transcorrer a semana com o povo brasileiro. Segundo o Papa, sua visita tem a missão única de confirmar os ”irmãos na Fé em Cristo”. “Não tenho ouro nem prata, mas trago o que de mais precioso me foi dado: Jesus Cristo! Venho em seu Nome, para alimentar a chama de amor fraterno que arde em cada coração; e desejo que chegue a todos e a cada um a minha saudação: ‘A paz de Cristo esteja com vocês!’”

E reforçou o motivo da sua vinda ao Brasil. “Vim para a Jornada Mundial da Juventude. Vim para encontrar os jovens que vieram de todo o mundo, atraídos pelos braços abertos do Cristo Redentor. Eles querem agasalhar-se no seu abraço para, junto de seu Coração, ouvir de novo o seu potente e claro chamado: ‘Ide e fazei discípulos entre todas as nações’”.

Segundo o Papa, Cristo abre espaço para estes jovens que veem de diversas partes do mundo para se encontrarem com o Pontífice, mas sobretudo com Jesus. Francisco destacou ainda a relação de Cristo com a juventude. “Cristo ‘bota fé’ nos jovens e confia-lhes o futuro de sua própria causa: ‘Ide, fazei discípulos’. Ide para além das fronteiras do que é humanamente possível e criem um mundo de irmãos”.

O Papa também lembrou que ao visitar o Brasil e falar aos jovens, também se dirigirá às famílias, às suas comunidades eclesiais e nacionais de origem, às sociedades nas quais estão inseridos.

E ao concluir o discurso, Francisco pediu a atenção do povo brasileiro e, se necessária, “a empatia para estabelecer um diálogo de amigos”. Por fim, prometeu rezar, diante da imagem de Nossa Senhora, por todos os peregrinos da Jornada Mundial da Juventude. “Depois de amanhã, se Deus quiser, tenho em mente recordar-lhes todos a Nossa Senhora Aparecida, invocando sua proteção materna sobre seus lares e famílias. Desde já a todos abençoo. Obrigado pelo acolhimento!”

Após a cerimônia, o Santo Padre reuniu-se de forma particular com a presidente Dilma, na Sala Verde do Palácio Guanabara. Em seguida, partiu para o Sumaré, onde ficará hospedado durante sua visita ao Rio de Janeiro.

Fonte: CN

Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s